top of page
  • Foto do escritorBeatriz Camelo

Sabia que Dados e Informações não são a mesma coisa?

Entender o conceito e suas diferenças, é importante para as Organizações saberem tratar de forma correta os dados e informações em suas tarefas.

 

É muito comum encontrarmos textos ou autores associando dados e informações como sinônimos, mas quando nos referimos a área de tecnologia, vemos que há uma diferença de conceitos bem significativa entre elas. Para as Organizações que querem utilizar esses recursos, saber distinguir e aplicar de forma correta em suas áreas é um ponto crucial. 


Dados e informações não são a mesma coisa, mas estão interligados de alguma forma. Dados são elementos de um material bruto que podem representar um ou mais significados. Não é possível ter uma conclusão certa somente com base em dados por isso que existe a etapa de coleta, onde é reunido todos os dados relevantes para o uso secundário através de técnicas próprias de pesquisa. O que nos leva ao próximo passo, que é a transformação desses dados em informação. 


E qual o conceito de informação?  


Informação é o conjunto de dados coletados que são exclusivamente tratados e analisados para produzir conhecimento relevante. E é com base nessas informações que podemos ter conclusões mais concretas, pois nela há dados trabalhados que geram valor para Organização, tanto para o lado estratégico como para um processo mais eficiente. Podemos concluir que os dados são a base para a informação, quanto mais dados relevantes conseguirmos obter, melhor será a informação construída. Isso porque a informação é uma conclusão sólida comprovada de fatos (dados) e que tem grande importância para a gestão de Organizações e Fundações. 


E todas essas informações geralmente estão disponíveis por um relatório onde o gestor ou líder pode tomar as melhores decisões. Dependendo do objetivo da coleta e analise de dados, a Organização pode conhecer o seu público, comparar informações dos anos anteriores com os de hoje e analisar a quantidade de arrecadações feitas no momento. 


E para que a informações tenham valor para a Organização e possam gerar oportunidades, é preciso transformá-las em conhecimento efetivo, desse modo, podemos colocar o conhecimento como um estágio final do trabalho, que vai muito além de seu significado óbvio. É compreender a manipulação das informações, definir uma estratégia com base nas informações obtidas e gerar valor no seu trabalho como um todo. 


Todos esses indicadores servirão de base para conhecer melhor o estado da gestão e quais mudanças precisam ser feitas. Dessa forma os colaboradores e voluntariados conseguirão avaliar se suas metas serão alcançadas ou se há necessidade de mudanças. 






 


7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page